Home / Destaques / Sindseps exige segurança sanitária para trabalho dos servidores municipais

Sindseps exige segurança sanitária para trabalho dos servidores municipais

Diante do cenário provocado pela pandemia de COVID19 (novo coronavírus) declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e extremamente preocupados com a integridade física de nossos colegas que estão expostos aos riscos de contaminação por conta do seu labor, a Diretoria do Sindseps oficiou à gestão municipal em caráter de urgência, um rol de medidas sugeridas para zelar pela saúde individual e coletiva dos servidores públicos municipais.

Na comunicação entregue nesta segunda-feira (16), o sindicato solicita que a Prefeitura autorize atividades em home office para servidores que estejam nos grupos considerados como de risco (maiores de 60 anos e portadores de doenças crônicas). Além disso, pede ainda que seja adotado sistema de rodízio de turnos; formação de comissões de monitoramento para inspeções durante o expediente, suspensão de qualquer reunião presencial com mais de 8 pessoas; disponibilização de álcool em gel 70% e obrigatoriedade de assepsia para ingresso nas dependências de cada unidade.

“Estamos recebendo as informações de inconformidades apontadas pelos colegas, principalmente nos serviços de saúde, defesa civil, segurança urbana e promoção social do Município. Cada situação que é comunicada, de imediato, notificamos aos secretários de Gestão e Saúde para que sejam adotadas medidas emergenciais saneadoras. Temos uma pandemia que precisa ser combatida e a nossa cidade tem que reunir condições suficientes de garantir que os servidores possam ter segurança sanitária para trabalhar”, afirmou o coordenador geral Bruno Carianha.

Segundo informações recebidas pela diretoria, uma licitação emergencial está em andamento para suprir as necessidades de distribuição de álcool em gel 70%, máscaras e outros insumos para as atividades laborais dos servidores municipais.

Além disso, verifique

Contradições e conveniências marcam aprovacão da reforma da previdência municipal, alega sindicato

Projeto foi aprovado em uma sessão remota e sem ajustes necessários para resguardar direitos dos ...

Um comentário

  1. Eu só quero saber como vai ficar essa situação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.