Home / Destaques / Sindseps participa de audiência no MPT sobre assédio moral na SMS

Sindseps participa de audiência no MPT sobre assédio moral na SMS

O Sindseps acompanhou nos dias 9 e 11 de novembro, audiências realizadas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) que buscam apurar denúncias de assédio moral que vêm ocorrendo nas unidades de saúde municipais.

As denúncias dão conta de situações de agressões verbais e desrespeito sofridas por servidoras da saúde em diversas unidades, além de apurar se a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem tratado das queixas que já foram encaminhadas ao órgão.

O Sindseps apresentou ao MPT, as diversas denúncias que recebeu das servidoras, que falaram perante a Procuradora Larissa Leal Amorim reiterando tudo que sofrem diariamente no ambiente de trabalho.

A diretora do Sindseps, Gil Assis, umas das responsáveis pela pasta jurídica, vem acompanhado de perto os casos de assédio que chegam até o sindicato. “Sabemos que o assédio moral é uma realidade no serviço público municipal. E por isso, com o olhar sensível, seguiremos resistentes neste propósito: o de combater os males que esta prática causa no servidor e para a comunidade como um todo, mesmo que de forma indireta. Nosso objetivo é buscar justiça para quem sofre o assédio e punição para quem o pratica. Assédio Moral é crime!”, afirmou a sindicalista.

O sindicato segue acompanhando os casos de assédio moral, tanto na SMS, quanto nas demais repartições municipais.

Além disso, verifique

Justiça reconhece demora da Prefeitura de Salvador em concluir processos de aposentadorias

As diversas denúncias feitas pelo Sindseps por conta da postura da Prefeitura de Salvador que ...

2 comentários

  1. Realmente fica difícil combater o assédio nos Pa’s ,quando a própria sms e a prefeitura preferem fingir q nada existe e jogam para debaixo do tapete.

  2. Essa luta é importantíssima, infelizmente assédio nos órgãos do município tem lugar comum, é corriqueiro, e quem prática precisa ser relembrado (a) que é crime e sofrer as consequências dos seus atos, e os servidores precisam saber que tem apoio do sindicato que é um braço forte a seu favor. Muita força a todos envolvidos, é cobrando o cumprimento das leis que as leis são fortalecidas, força companheiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.