Home / Destaques / Semop: omissão gerencial dificulta vacinação para agentes de fiscalização expostos em aglomerações

Semop: omissão gerencial dificulta vacinação para agentes de fiscalização expostos em aglomerações

Diante da omissão da gestão da Semop em ao menos dialogar acerca da vacinação dos servidores do órgão, a diretoria do Sindseps realizou mais uma assembleia setorial da categoria, na manhã desta terça-feira (18), na antiga sede da Revita.

Com a parceria leal da Assesp e do Sindseps, os colegas da Semop fizeram outro protesto para chamar atenção da gestão municipal frente ao descaso protagonizado pelo órgão. Cerca de 246.(duzentos e quarenta e seis) agentes de fiscalização aguardam a inclusão na lista prioritária de vacinação para profissionais de serviços essenciais.

A atuação feita em feiras livres, mercados municipais e em operações de ordenamento social tem sido feita de maneira arriscada e sob a constante tensão por conta da possibilidade de contaminação pelo coronavírus. Além de atuar nesses locais, os agentes de fiscalização também trabalham na dispersão de aglomerações pela cidade.

O diretor do Sindseps e da Assesp, Alex Mendes critica a postura da gestão da Semop em relação à crise provocada pela falta de imunização dos servidores do órgão. “O que nos intriga é a aparente inoperância da gestão da Semop para lidar com uma situação tão sensível e urgente. Diante de negacionismo e crenças absurdas, os trabalhadores não podem vacilar para não virarem experimentos. Continuaremos empenhados em conseguir a vacina para os colegas da Semop e não titubearemos de buscar isso como direito até mesmo na Justiça”, afirmou Mendes.

Uma nova assembleia será realizada na próxima quinta-feira (20), a partir das 08h, na sede da Semop (antiga Revita)

Clique aqui e confira momentos do protesto depois da assembleia

Além disso, verifique

07OUT: Assembleia geral é unidade da classe trabalhadora do serviço público municipal

A próxima quinta-feira (07) será o palco de mais um momento de união e luta ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.