Home / Destaques / Semop: Dinheiro para terceirização de serviço feito por servidor é mais um golpe da gestão municipal na categoria

Semop: Dinheiro para terceirização de serviço feito por servidor é mais um golpe da gestão municipal na categoria

“Mais uma licitação intriga a população soteropolitana e dessa vez, os indícios de desrespeito ao dinheiro público beira o absurdo. Sempre fizemos esse serviço de levantamento das barracas de chapa na cidade. Nós, agentes de fiscalização temos essa expertise e não haveria necessidade de terceirizar essa atividade. Enquanto empresas lucram, o servidor municipal sofre sem a devida valorização”. Essa foi a declaração do diretor do Sindseps, Alex Mendes, que de forma contundente comentou a contratação da empresa Nautillus Construções e Comércio Ltda para realizar um levantamento das barracas de chapa na capital baiana.

A notícia veiculada no site Bahia Notícias, no último dia 19 de agosto, aponta o valor contratado em cerca de R$ 230 mil reais para a realização deste serviço. Segundo a publicação, o resultado da licitação fora publicado na edição do Diário Oficial do Município (DOM) neste mesmo dia. A previsão para execução dos serviços é de 40 dias.

Para o diretor do Sindseps, essa situação caracteriza o atual governo municipal. Segundo ele, a terceirização é um privilégio aos que considera como “amigos do poder”. “Enxergamos como mais uma atitude equivocada e desrespeitosa com o trabalho feito pelos colegas na Semop. A terceirização é um meio de precarizar a função pública e isso tem acontecido de forma recorrente nos últimos anos. Resolvemos denunciar mais essa manobra, pois enquanto empresários ganham, repito, nós servidores amargamos a inércia negocial do prefeito em nossa data base”, finalizou Mendes.

Além disso, verifique

Vacinação de todos servidores municipais continua sendo buscada pelo Sindseps

As escolhas dos grupos iniciais dentro das prioridades no grupo de profissionais de saúde para ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.