Home / Destaques / Sancionada: integralidade salarial em licenças é publicada no Diário Oficial e entidades projetam mobilização para 2022

Sancionada: integralidade salarial em licenças é publicada no Diário Oficial e entidades projetam mobilização para 2022

Após dias de espera e intensa cobrança por parte das entidades que compõem a Mobilização Unificada 2021 (Sindseps, Astram, ASMS, Assesp, Assucom, Sindttrans , Astin, Ascop e Abasa), o Poder Executivo sancionou a Lei Complementar 78/2021. A matéria trata da garantia de manutenção da integralidade salarial em casos de licenças prêmios, situações médicas ou maternidade. O texto legislativo aprovado foi publicado na edição desta terça-feira (28) do Diário Oficial do Município.

Fruto da luta estratégica produzida pelas entidades citadas, a modificação na Lei 01/91 foi resultado de eficaz abordagem feita junto à gestão municipal após o tema ter sido sugerido pela categoria nas diversas assembleias realizadas ao longo do segundo semestre do ano.

“Dialogamos com os colegas e negociamos à exaustão com a Prefeitura. Mesmo com a desconfiança daqueles que preferiram não se juntar à luta, mantivemos o planejamento produzido com as entidades que acreditavam em uma conquista possível. Pode parecer apenas uma modificação na legislação, mas na prática é a garantia de segurança para os colegas nos momentos mais sensíveis. Antes seria um momento de prejuízo e desalento e tínhamos confiança que mudaríamos essa realidade. Conseguimos e agradecemos aos colegas que estiveram conosco nesta jornada de fé na luta”, disse o coordenador geral do Sindseps, Helivaldo Alcântara.

Campanha Salarial 2022 – A expectativa da diretoria do Sindseps diante do resultado da estratégia unificada é retomar os diálogos com todas as entidades representantativas dos trabalhadores da Prefeitura de Salvador ainda no início do próximo ano para planejar a Campanha Salarial 2022. “Acredito que não teremos os impedimentos da Lei 173/20 e a gestão municipal tem se vangloriado de estar com contas saneadas. Convidaremos todas as entidades para um diálogo transparente, coletivo e qualificado no sentido de dar início à Campanha Salarial de 2022. Respeitaremos e defenderemos condições individuais, mas precisamos seguir unidos em clareza de propósitos”, finalizou Alcântara.

Além disso, verifique

Aprovação de projeto na CMS é ponto máximo da mobilização em 2021. Sindseps já projeta construção da Campanha Salarial 2022

Foi uma manhã de celebração da luta e a confirmação de que mobilizar a classe ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.