Home / Destaques / Salva-vidas de Salvador realizam assembleia contra o descaso e a incompetência

Salva-vidas de Salvador realizam assembleia contra o descaso e a incompetência

A situação do salvamento aquático na capital baiana pede socorro e a missão sublime de salvar coube novamente aos colegas salva-vidas da Prefeitura de Salvador. Esse é o espírito que motiva a Assembleia Setorial da categoria que acontecerá nesta sexta-feira (17), na Praça Municipal.

Por conta da ineficácia da gestão de busca e salvamento do órgão e a omissão da Secretaria Municipal de Ordem Pública quanto a este aspecto, os salva-vidas retomaram a mobilização acerca da proteção da atividade no âmbito do serviço público municipal. Segundo o diretor do Sindseps, Pedro Barretto, as condições administrativas e decisões gerenciais prejudicam o bom andamento dos serviços nas praias de Salvador. “Os colegas questionam a falta de estratégia operacional e também as decisões equivocadas que causam prejuízos substanciais ao nosso trabalho de salvar vidas. A incompetência que hoje domina a chefia de busca e salvamento é algo surreal e que apontaríamos para quem quer que estivesse ocupando esse posto de trabalho com inoperância”, afirmou Barretto.

As diversas manifestações feitas pelos colegas salva-vidas apontam a deficiente estrutura de trabalho nas praias. Mirantes, equipamentos, veículos e trechos da sede do órgão são retratos de uma realidade cruel para quem coloca suas vidas em risco para garantir a segurança na orla marítima. “Chega a ser doloroso quando seguimos para trabalhar. São tantas situações que temos que enfrentar que causam vergonha e insatisfação. Sujeira, dejetos, materiais precários e a incompetência são alguns desses obstáculos diários e que precisam ser superados de forma definitiva”, observou o representante da categoria.

Outra demanda cobrada pelo Sindseps e a Abasa é a convocação dos novos concursados para atender ao déficit existente no órgão. “Queremos o imediato chamamento dos colegas concursados para contribuir no salvamento aquático de Salvador. A situação está complicada demais e falta efetivo. A incompetência não consegue convencer a Secretaria e o prefeito da necessidade de suprir a carência de pessoal para garantir a vida nas praias”, concluiu Barreto.

Além disso, verifique

07OUT: Assembleia geral é unidade da classe trabalhadora do serviço público municipal

A próxima quinta-feira (07) será o palco de mais um momento de união e luta ...

Um comentário

  1. Onde fica disponível a lista de aprovados nos concursos para Guarda Vidas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.