Home / Destaques / Responsabilidade para defender os direitos do servidor municipal

Responsabilidade para defender os direitos do servidor municipal

sindseps_agentesUma entidade sindical forte é a tradução da luta dos trabalhadores e trabalhadoras. A história do Sindseps demonstra que nunca deixamos de lutar em prol dos interesses coletivos dos servidores municipais.

Reiteramos nossos princípios de responsabilidade com a luta e respeito a tudo que conquistamos juntos. Não concordamos com qualquer manobra de prejudicar trabalhadores, principalmente no que diz respeito ao direito legítimo de greve. Por vários momentos, nós lutamos para que nossas jornadas pudessem constar como “código 41” em nossas frequências durante as mobilizações, assembleias e greves declaradas de acordo com a lei.

Sempre defenderemos o direito dos servidor municipal participar de assembleias e movimentos paredistas na busca de valorização de sua carreira e não compactuamos com qualquer tentativa de intimidação, perseguição ou assédio moral contra qualquer trabalhador do serviço público municipal.

Nunca deixaremos de segurar as bandeiras propostas pelos servidores municipais. Somos um sindicato de homens e mulheres buscando promover as melhorias para nossa categoria. Quem conduz nossas ações é o nosso filiado, pois sua decisão legítimas nas assembleias sempre é o caminho a seguir e ser defendido.

Prova deste compromisso é nossa mobilização em nome dos agentes de saúde de Salvador. Não deixamos de empenhar nossos esforços para valorizar esta categoria. O Piso Salarial continua sendo missão de honra para a diretoria do Sindseps e a vontade do trabalhador sempre guiará nossa conduta. Não haverá recuo em relação à esta pauta e continuaremos lutando para que a Lei seja cumprida conforme a luta travada durante vários anos por estes guerreiros e guerreiras.

Além disso, verifique

Unidade na luta: entidades realizam reunião ampliada e traçam estratégias para 2020

Dialogando de forma coletiva para fazermos uma luta com unidade e ainda mais força, a ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.