Home / Destaques / PERIGO: prédio da Vigilância Sanitária volta a funcionar sem liberação da Defesa Civil

PERIGO: prédio da Vigilância Sanitária volta a funcionar sem liberação da Defesa Civil

IMG-20150518-WA0096[1]Mesmo com riscos de novo deslizamento de terra, a sede da Diretoria Geral de Vigilância Sanitária de Salvador (DGVS), na Avenida Vasco da Gama, voltou a ter funcionamento normal nesta segunda-feira (18).

Apesar de não haver qualquer liberação do prédio após a interdição ocorrida na última sexta-feira (15), servidores municipais prestam atendimento aos cidadãos que procuram os serviços do órgão. (Clique aqui)

O rompimento de uma tubulação de água atingida pelo deslizamento interrompeu o abastecimento no prédio e a limpeza ainda não foi concluída, não havendo, portanto, condições de segurança, higiene e limpeza para funcionamento.IMG-20150518-WA0087[1]

Para o coordenador geral do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps), Everaldo Braga, a situação de risco não pode assumida pelos trabalhadores. “Estamos cobrando as condições de segurança para que os servidores da Vigilância Sanitária possam exercer suas funções. Estamos zelando pelas vidas de quem trabalha aqui e também dos cidadãos que buscam atendimento”, disse Braga.

Até à tarde desta segunda-feira, nenhuma outra orientação foi emitida pela Defesa Civil de Salvador, no sentido de liberar o prédio para utilização.

Além disso, verifique

Seu sindicato tem novo coordenador geral

Entendimento e unidade. A diretoria do seu sindicato escolheu na tarde desta terça-feira (19), seu ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.