Home / Destaques / Exemplo: dia de luta memorável com os pioneiros de nossa mobilização. A Seman parou!!!

Exemplo: dia de luta memorável com os pioneiros de nossa mobilização. A Seman parou!!!

A história sempre será protagonizados por quem resolveu lutar. As conquistas serão prêmios para aqueles e aquelas que ousaram enfrentar a tirania com coragem. A vanguarda é uma trincheira que se protege com destemor e sem temer ataques covardes. Mulheres e homens de honra estiveram nas ruas da região da Sete Portas para demonstrar o repúdio à atitude do prefeito de Salvador que mais uma vez, impõe sofrimento e prejuízos aos colegas da Prefeitura.

Com o orgulho de lutar estampado nós rostos e nas palavras, colegas que atuam na manutenção da cidade estiveram ao lado do Sindseps em mais uma assembleia. Na frente da Gerência de Operações (Gerop) da Seman, as “Ferramentas Amoladas” deram uma demonstração da atitude que sempre ofertaram à mobilização de nossa categoria. A retirada do adicional de insalubridade foi um duro golpe que está tendo imediata resposta da diretoria do sindicato.

“Mostramos aqui que a coragem de lutar nunca nos faltará. Nossas vidas estão depositadas em cada pedaço de chão de Salvador ao longo de mais de quarenta anos. Enfrentamos qualquer situação adversa para prevenir e socorrer a cidade. A atitude do prefeito é insensível e conta com a frieza de seus auxiliares. Nem mesmo nos bueiros da cidade encontraríamos adjetivos para qualificar quanto é desprezível o que o prefeito e seus secretários estão fazendo conosco”, disparou o diretor do Sindseps, Jefferson Maciel.

Imprensa – Durante a assembleia setorial, a presença da imprensa contribuiu para dar ressonância aos reclames dos colegas da Seman, Sucop e demais órgãos de manutenção. Segundo o coordenador geral do Sindseps, Helivaldo Alcântara, a sociedade precisa saber acerca da conduta do prefeito de Salvador com relação aos capital humano do Município. “O cidadão soteropolitano desconhece o prefeito da realidade. O gestor por trás da cara propaganda não valoriza os melhores servidores públicos do Brasil nas diversas áreas. Temos feito diversos questionamento na imprensa e de forma vergonhosa, o prefeito se omite nas respostas como uma clara confissão de culpa do que apontamos”, disse Alcântara.

Justiça – A coordenação jurídica do Sindseps de forma imediata acionou a consultoria jurídica para que fizesse os esforços necessários para buscar reaver os direitos dos colegas. Os advogados procederam o pedido de mandado de segurança contra o corte do adicional de insalubridade. Considerando o direito líquido e certo, a expectativa é de que a Justica considere o ato do prefeito como abusivo.

Além disso, verifique

Justiça reconhece demora da Prefeitura de Salvador em concluir processos de aposentadorias

As diversas denúncias feitas pelo Sindseps por conta da postura da Prefeitura de Salvador que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.