Home / Destaques / Diretores do Sindseps participam de Marcha Nacional em defesa dos agentes de saúde

Diretores do Sindseps participam de Marcha Nacional em defesa dos agentes de saúde

Defender a manutenção da aposentadoria especial dos agentes de saúde e mobilizar a categoria em torno da luta contra a deforma da Previdência. Esse foi o objetivo principal da 7ª Marcha Nacional da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde – Conacs, em Brasília (DF). A ação realizada entre os dias 02 à de julho contou com a participação de delegações de quinze estados, dentre os quais, a Bahia que, esteve representada também pelos diretores do Sindseps, Edna Maria e Rogério Dantas.

No dia 02 de julho foram realizadas diversas visitas aos gabinetes dos parlamentares, onde os colegas agentes de saúde afixavam cartazes e adesivos, além de dialogar com os deputados sobre a necessidade de inserção de emendas da Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias. Na terça-feira (03), os trabalhadores estiveram reunidos com a Frente Parlamentar e discutiram novas ações no Congresso Nacional e puderam participar de uma palestra com Maria Lúcia Fattorelli, representante da Associação Auditoria Cidadã que abordou aspectos prejudiciais da deforma da Previdência.

No período da tarde da terça, nossos diretores estiveram juntos aos demais colegas de todo o país, visitando outros gabinetes e buscando sensibilizar os parlamentares a aceitarem as emendas que previam a manutenção da aposentadoria especial dos agentes de saúde. Na quarta-feira (04), na rampa do Anexo 2 da Câmara dos Deputados, um corredor humano foi montado e a abordagem foi no sentido de colher assinaturas e vídeos em apoio ao pleito da categoria. Apesar da manobra governista que impediu a inserção de destaques no texto, a mobilização se mostrou fortalecida e a expectativa ficou aumentada para o dia da votação em Plenário.

Para o diretor Rogério Dantas, a presença dos agentes de saúde no Congresso Nacional reafirmou a certeza de que a mobilização precisa ser contínua em torno das pautas da categorias. “De maneira local ou no âmbito nacional, precisamos manter uma agenda de ações para não permitir que sejamos pegos de surpresa em relação às nossas demandas. Conversamos com colegas dos estados que vieram à Brasília e as percepções são as mesmas no sentido de estabelecer uma ação horizontal e coordenada nos municípios para fortalecer a nossa luta”, apontou Dantas. Para a diretora Edna Maria, o momento foi propício para estabelecer a verdadeira unidade dos agentes de saúde. “Fizemos esforços e viemos ao Congresso Nacional para defender a nossa aposentadoria especial. Temos tido todo um rol de perdas que as prefeituras estão impondo. Dialogamos e mostramos que atuar de maneira local traz resultados globais e isso já estamos fazendo em sintonia com as entidades representativas. Nosso formato de atuação foi considerado o mais eficaz pelos colegas de todo o Brasil”, afirmou Edna.

Além disso, verifique

Saiba tudo que foi decidido pelos servidores municipais em assembleia: nova assembleia e suspensão da paralisação

Trabalhadores e trabalhadoras realizaram caminhada até à Sefaz apra decidir por nova assembleia e suspensão ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.