Home / Destaques / ASSEMBLEIA: Nosso lugar neste quarta-feira (11) é na Câmara Municipal

ASSEMBLEIA: Nosso lugar neste quarta-feira (11) é na Câmara Municipal

sindseps_pcv_cms_10A tarde desta terça-feira (10) foi marcada pelo golpe protagonizado pela base de apoio ao governo municipal na Câmara de Vereadores. O plenário Cosme de Faria foi palco de uma encenação digna de um espetáculo dantesco e de péssimo gosto.

Depois de nossas cobranças para a votação da mensagem do Poder Executivo que trata do Plano de Cargos e Vencimentos (PCV), a bancada da subserviência resolveu encerrar a sessão para não aprovar a matéria de interesse de nossa categoria. O motivo é ainda mais repugnante que a prática: os eleitos pelos votos dos eleitores soteropolitanos pretendiam autorizar que o prefeito pudesse vender terrenos públicos em vários trechos da cidade.

foto: Jeremias Silva/ ASCOM SINDSEPSApesar da afronta desrespeitosa às leis municipais, os edis queriam presentear os “senhores” da especulação imobiliária com terras de domínio público. Mesmo com a proibição exposta no Regimento Interno da Casa, o despotismo personalizado na figura imperiosa, ainda tentou emplacar tal votação por meio de manobras de bastidores. Não conseguiram e a atitude de terminar a sessão foi a resposta à cidade. 

Se esses infiéis não cumprem os acordos que fazem nas secretas salas, a cidadania não pode pagar por suas decepções em não bajular seus chefes políticos. Queremos o nosso PCV e nossa presença na Casa do Povo será maciça e determinada, na intenção de garantir nossa conquista mais esperada.

Vamos honrar o plenário da Câmara Municipal, onde homens e mulheres de inabalada reputação marcaram seus nomes na história política da cidade. Devemos firmar nosso posicionamento e não deixar que o futuro de nossa família seja prejudicado. O PCV é nosso!

foto: Jeremias Silva/ASCOM SINDSEPSA diretoria colegiada do seu sindicato convoca todos os servidores municipais para ocupar o plenário e as dependências da Câmara Municipal, nesta quarta-feira (11), a partir das 13h, na expectativa de consolidar o nosso triunfo com a aprovação do PCV. Se preciso for, vamos usar todos os instrumentos necessários fazer valer o acordo. Uma paralisação de serviços não está descartada e essa decisão é do trabalhador na assembleia que realizaremos após a decisão da sessão ordinária. 

Essa mobilização é a mais importante deste ano, pois todos os momentos vividos anteriormente foram passos significativos para que a hora da verdade pudesse acontecer. Temos a oportunidade de reafirmamos nossas imagens de bravos guerreiros e corajosas guerreiras junto com a marca forte do Sindseps.

Permaneceremos ordeiros e pacíficos, pois somos guardiões da cidadania. Ocuparemos os espaços possíveis e necessários, quer seja dentro ou fora do plenário. A Câmara Municipal é do povo e assim faremos que seja conhecida neste dia.

Diretoria Colegiada do Sindseps.

Além disso, verifique

07OUT: Assembleia geral é unidade da classe trabalhadora do serviço público municipal

A próxima quinta-feira (07) será o palco de mais um momento de união e luta ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.