Home / Artigos / Ameaçar ou agredir a imprensa é ferir a democracia

Ameaçar ou agredir a imprensa é ferir a democracia

Ameaçar o trabalho da imprensa livre é uma afronta perigosa à sociedade. A comunicação social livre, independente e pluralista em todo se caracteriza como essencial para a democracia e como um direito humano fundamental. Vivemos um momento delicado na sociedade bastante dividida politicamente com ares de embate civil infrutífero, onde políticos tentam demonizar a mídia como forma de dominação social.

Mais um episódio envolvendo o presidente da República mostra que o exemplo dado aos seus “seguidores” estimula a violência contra trabalhadores e trabalhadoras do Jornalismo. Sempre que é questionado sobre os fatos de corrupção envolvendo sua família e amigos próximos, o chefe do Executivo utiliza de agressividade e ameaças.

Não podemos concordar com esse tipo de situação visto que se nos for negado o direito de questionar os políticos, logo será negada toda e qualquer liberdade do cidadão, retornando assim aos tempos sombrios do chumbo que dizimou e marcou vidas em nosso país. Toda vez que um profissional de imprensa é ameaçado ou agredido, da mesma forma, da classe trabalhadora é violentada.

Repudiamos o gesto agressivo e ameaçador do presidente da República e isso fazemos não por qualquer viés político-ideológico. Agredir ou violentar a integridade dos profissionais de imprensa é também um ato covarde contra os direitos do cidadão de ter suas liberdades. Fazemos pela manutenção e preservação da democracia que nos permite continuar lutando sem parar.

Diretoria Colegiada do Sindseps

Além disso, verifique

Diretores do Sindseps e Assesp cobram melhorias e biossegurança para os colegas na Semop

Diretores do Sindseps e da Assesp estiveram reunidos na sede da Semop para uma reunião ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.