Home / Aposentados / Sindseps cobra solução para o auxílio transporte na reunião da Mesa Permanente de Negociação e discute outros temas. Confira

Sindseps cobra solução para o auxílio transporte na reunião da Mesa Permanente de Negociação e discute outros temas. Confira

A diretoria do Sindseps participou de mais uma rodada da Mesa Permanente de Negociação na Secretaria Municipal de Gestão [Semge], na última quinta-feira (22). Na pauta: auxílio transporte; auxílio fardamento [pagamento e inclusão de categorias]; complementação salarial dos aposentados; alimentação nas unidades de pronto atendimento; incremento do auxílio educação para 2019, dentre outros temas.

Auxílio Transporte – Diante da proposta da gestão relacionada com o auxílio transporte, a diretoria do Sindseps fez nova sugestão para que todos os servidores prejudicados sejam contemplados. Os cálculos de impacto serão realizados pela Diretoria de Gestão de Pessoas e apresentados na próxima reunião. Lembrando que no dia 12 de abril, a partir de 08h, já temos assembleia marcada para deliberarmos acerca do andamento dessa situação durante esse intervalo de dias. Durante esse evento, mais detalhes da negociação serão informados e os servidores avaliarão essas possibilidades apresentadas.

Ainda sobre o auxílio transporte, outra situação em especial envolveu os agentes de saúde que por muitas ocasiões precisam fazer deslocamentos para continuar a jornada de trabalho. O titular da Semge informou que fez comunicação com a Secretaria Municipal de Saúde [SMS] para tratar dessa questão em específico que merece atenção e cálculos diferenciados. A diretoria do Sindseps cobrou mais celeridades as análises que estão sendo feitas pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) para os pedidos de colegas que solicitaram acréscimos de tarifas.

Auxílio Fardamento – O titular da Semge se compromissou em cobrar pessoalmente que a Secretaria de Saúde envie os estudos referentes aos itens a serem utilizados e valores. Lembrando que ainda estamos cobrando o fiel cumprimento da regulamentação do decreto, pois a Transalvador e Salvamar ainda não tiveram seus processos finalizados com o devido credenciamento das empresas fornecedoras. A diretoria do sindicato pediu rapidez e apontou possibilidades para a solução dessas situações pendentes no auxílio fardamento. Foi lembrado ainda que os itens a serem relacionados devem ser credenciados também pelo quesito qualidade, principalmente pelo desgaste do material durante a jornada de trabalho das categorias que receberão o auxílio.

Aposentados – Depois da correspondência considerada como a  “carta do mal” que os aposentados e pensionistas tiveram o desprazer de receber em suas residências, a diretoria do Sindseps fez várias intervenções para não permitir que a complementação salarial que equipara o vencimento inicial ao salário mínimo fosse extinta. Foram assembleias e reuniões onde os nossos pioneiros da luta estiveram presentes e renovaram nosso ânimo a seguir na batalha. O tema foi tratado novamente na Mesa de Negociação, na última quinta-feira (22) e reforçamos a defesa coletiva feita em nome dos nossos filiados. Fora informado que esse documento está sendo analisado e será respondido pela Procuradoria do Muncípio. Diante desse quadro, a nossa diretoria fez outro encaminhamento de manutenção da complementação ou fazer valer o Plano de Cargos e Vencimentos para os nossos aposentados e pensionistas, sanando assim esse desconforto vivido pelos mesmos.

Foram cobrados ainda, a solução urgente para a alimentação nas unidades de pronto atendimento, pois as refeições que estão sendo servidas aos trabalhadores e trabalhadoras não tem condições de consumo, sendo descartadas, o que causa prejuízo à saúde, bem como aos cofres públicos. Em relação ao programa Bolsa Educação, estamos buscando soluções compartilhadas com a gestão para ajudar aos colegas que não foram contemplados e incrementar os valores para o próximo ano. Nossa ação isolada tem sido buscar entendimentos com as escolas para continuar admitindo os alunos e junto à gestão, solicitamos intervenções sobre o formato de matrícula e cobrança no início do ano, além do incremento financeiro para 2019.

A próxima reunião da Mesa Permanente de Negociações entre Sindseps e Semge será agendada e novamente serão cobradas respostas urgentes e definitivas acerca dos temas discutidos, que continuaram sendo alvo das ações do Sindseps mesmo durante as tratativas da Campanha Salarial 2018.

 

Além disso, verifique

Assembleia geral: dia 18/06

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.